horta-na-escola

Sugestão de ação: horta orgânica na escola

Todos os meses sugerimos uma atividade na rede Sociomotiva para ser realizada com seus colaboradores. Dessa vez resolvemos sugerir uma ação para comemorar o Dia da Escola, que é celebrado dia 15 de março. Vamos ensinar como colocar em prática a construção de uma horta orgânica na escola.

Agrotóxicos demais podem causar problemas reprodutivos, neurológicos, causar desequilíbrio no sistema hormonal e aumentar a incidência de câncer. A melhor hora de conscientizar sobre a importância de uma alimentação orgânica e balanceada é na infância, para que esse hábito seja adquirido e incorporado. Por isso, sugerimos que mobilize os voluntários de sua empresa e montem uma horta orgânica em uma escola, envolvendo alunos e professores na atividade.

O que é?

A ideia é realizar o plantio de mudas e acompanhar o cultivo da horta orgânica. Além de produzir hortaliças para abastecimento da cozinha da escola, a horta pode ser uma fonte de atividade para as diferentes disciplinas.

Conversando com os professores, é possível sugerir o uso da horta para aulas de biologia, educação ambiental e até mesmo português (a horta pode servir de tema para redação, tratando, por exemplo, da importância de uma alimentação saudável) e matemática (calculando a área de plantio, por exemplo).

horta-na-escola

Passo a passo:

  1. Selecione uma escola onde a atividade será realizada. Procure a direção e explique o objetivo, verificando se a escola possui um local disponível para construção e solicitando autorização. O local deve ter incidência solar durante o dia, especialmente durante o período da manhã, e não deve ser uma área de trânsito para pessoas e animais. Também é importante que haja água disponível no terreno para realizar a irrigação da horta. A irrigação deve ser feita diariamente. Caso sua região esteja passando por um período de poucas chuvas, considere a possibilidade de irrigação duas vezes ao dia.
  2. Verifique quantas crianças participarão da atividade e faça uma estimativa do número de voluntários necessários para o bom desempenho do projeto. Para recrutar colaboradores não esqueça de divulgar a ação no seu portal de voluntariado e nos meios de comunicação internos de sua empresa (mural, emails, etc.).
  3. Organize uma reunião com os voluntários interessados, para explicar detalhes da iniciativa e estabelecer uma programação das atividades. Combine quais serão as responsabilidades de cada voluntário, como por exemplo: conseguir o transporte para os voluntários até a escola, organizar um lanche para os voluntários e alunos, selecionar e comprar mudas das hortaliças, providenciar os materiais de jardinagem, instruir funcionários da escola a respeito da manutenção da horta, e claro, participar da construção da horta em si.
  4. Em coordenação com a direção da escola, selecione um dia e horário para a realização do plantio de mudas. É interessante que isso seja feito com a participação dos alunos, para fomentar nas crianças os princípios da educação ambiental. Para tanto, organize uma forma de rodízio de turmas em grupos pequenos.
  5. Visite o local onde será feita a horta, e faça a medição do terreno. Também é importante preparar o solo da horta. Verifique entre os voluntários de sua empresa, pois é possível que alguém tenha sua própria horta em casa, e essa experiência ajudará muito. Essa etapa pode ser realizada já com o acompanhamento de alunos, explicando a importância de um terreno saudável para que os vegetais cresçam saudáveis. Deve-se retirar ervas daninhas, e arar a terra para que fique fofa. É recomendado também utilizar adubo, de preferência natural (como restos de frutas, cascas de vegetais, esterco). O adubo natural não possui agrotóxicos e não desequilibra o PH do solo.
  6. A partir da medição realizada, calcule a quantidade de mudas necessárias. O espaçamento deve ser de 20 a 30 cm entre cada muda.
  7. Alguns dias (cerca de uma semana) após a adubação, a terra estará mais preparada para receber as mudas. Sabendo a quantidade necessária de mudas, é possível comprá-las um ou dois dias antes do plantio. É importante escolher as hortaliças levando em conta a melhor época para o cultivo. Em março recomenda-se dar preferências às mudas de nabo, rabanete, espinafre, ervilha, repolho, couve-flor, cebola, couve, e alface.
  8. Agora que as mudas estão compradas e o solo está preparado, é hora de realizar o plantio. Comece fazendo covas de cerca de 20 cm a 30 cm, dependendo do tamanho da raiz da hortaliça.
  9. Reveze o plantio com as turmas, explicando cada etapa aos alunos e como o cultivo deve ser feito caso queiram fazer uma horta em suas casas.
  10. Se possível, combine com os voluntários para que realizem um retorno periódico à horta e façam um acompanhamento com os alunos e professores. Vocês podem conversar com os responsáveis pela merenda e organizar uma refeição com alimentos da horta. Caso essa etapa seja realizada, reforce aos alunos o senso de reconhecimento de que o alimento foi preparado com as plantas que eles ajudaram a cultivar.

Material necessário:

  • Ferramentas para arar a terra e fazer as covas, como pás e enxadas;
  • Adubo orgânico;
  • Mudas de hortaliças variadas.

Lembre-se:

  • A horta precisa de manutenção e cuidados. Esse projeto pode ser uma iniciativa continuada de sua equipe de voluntários. Caso não possuam disponibilidade para fazer o acompanhamento é preciso atribuir responsabilidades aos colaboradores da escola para garantir que ela será irrigada e mantida com cuidado.

Gostou da dica? Deixe seu comentário e nos conte!

Sociomotiva

(Visited 202 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *