Encontro V2V discute “Tendências do Voluntariado Empresarial em tempos de crise”

Realizamos no dia 15 de março, em São Paulo, o 19° Encontro da Rede V2V que discutiu as “Tendências do Voluntariado Empresarial em tempos de crise”.

encontro v2v

Os participantes tiveram um café de boas-vindas antes do início das atividades.

Desta vez, além dos clientes do V2V, também foram convidadas a participar do encontro empresas parceiras e engajadas nesta temática Participaram deste encontro representantes das empresas AVON, BM&F Bovespa, Banco Votorantim, Bradesco, EDP, Grupo Comporte, Grupo Segurador BB e MapfreHSBC, Itaú, Santander, Serasa Experian e Ultragaz, que utilizam a tecnologia V2V em seus Portais de Voluntariado Empresarial. Além delas, tivemos também a visita de representantes da Elo Consultoria Social, Instituto Phi, WPS, BASF, CEMIG, CPTM, Embraer, Promon e Via Varejo. Todas estas empresas juntas trouxeram uma grande oportunidade de troca de ideias.

Para iniciar a agenda do dia, Natalia Kelbert falou brevemente sobre o V2V e sobre os Ebooks que desenvolvemos e disponibilizamos gratuitamente sobre Voluntariado Empresarial. Em seguida, Liliane Nascimento apresentou as principais melhorias realizadas recentemente em nossa plataforma como o Plugin de Concursos e o lançamento do Aplicativo mobile.

 

Como tornar as ações sociais mais estratégicas para a empresa

Em tempos de crise, é ainda mais importante garantir que cada centavo investido traga um retorno concreto e relevante. Por isso Luiza Serpa, do Instituto Phi, abriu as palestras do dia mostrando como escolher bons projetos para receber investimento social da empresa. Ela falou sobre o cenário do investimento social no Brasil, especialmente sobre os desafios que enfrentamos nesta área, como a falta de retorno sobre os projetos (sem transparência ou feedback concreto de impacto), assim como a maneira irregular e sem planejamento que acontecem as doações.

O papel do Instituto Phi é justamente acompanhar o investimento social de pessoas físicas e jurídicas, monitorando a execução e resultados dos projetos do início ao fim.

Além do investimento social feito através do repasse de recursos financeiros, a Luiza também trouxe para discussão do grupo o voluntariado pro-bono, que é quando a empresa doa a sua atividade comercial e/ou o conhecimento técnico dos seus profissionais para Instituições sociais, seja para atividades de consultoria, comunicação, finanças, etc.

Luiza Serpa fala sobre como avaliar projetos para garantir um investimento social mais eficiente

Luiza Serpa fala sobre como avaliar projetos para garantir um investimento social mais eficiente

Case HSBC: unindo voluntariado e investimento social

Em seguida, Ednei Lopes, do HSBC, apresentou a estrutura de atuação do programa Voluntários HSBC e como o relacionou com a estratégia de investimento social da empresa, trazendo mais relevância para ambas as áreas e otimizando os recursos financeiros investidos.

Como premissa, o HSBC investe em iniciativas que contribuem para o desenvolvimento econômico e social das comunidades onde o banco está presente. Os projetos são selecionados, avaliados e monitorados pela equipe de Sustentabilidade Corporativa do HSBC, com o objetivo de garantir a melhor aplicação possível dos recursos e o efetivo resultado dos projetos apoiados. Além disso, as Instituições apoiadas possuem como dever contratual oferecer oportunidades de voluntariado aos colaboradores da empresa, assim investimento social e voluntariado se unem para alavancar as mesmas causas e projetos.

Eden Lopes conta como o HSBC uniu investimento social e voluntariado corporativo

Ednei Lopes conta como o HSBC uniu investimento social e voluntariado corporativo

Debate: 5 tendências do Voluntariado Empresarial

Após as palestras todo o grupo se reuniu para debater as principais tendências do voluntariado empresarial, sendo a maioria delas soluções que os gestores de voluntariado encontraram para aumentar a relevância do programa, justificando seu investimento, mas também otimizando os recursos promovendo mais ações com a verba disponível. Foram debatidas essas cinco tendências:

  1. Alinhamento com os 17 ODS
  2. Valorização das ações colaborativas
  3. Estímulo ao protagonismo
  4. Aumento do leque de oportunidades oferecidas aos colaboradores
  5. Interesse por ações a distância

Confira neste post maiores detalhes sobre cada uma delas. 😉

encontro v2v

Debate sobre as tendências do voluntariado empresarial

 

Oficina: Ações voluntárias simples e econômicas para driblar a crise

Para fechar as atividades, separamos o grupo em 3 frentes de trabalho a fim de construirmos ações em três categorias distintas:

1. Ações contínuas

Em um cenário de crise a otimização de recursos é fundamental, com este princípio balizador o grupo elaborou uma ação que consistiu em potencializar as ações já existentes na empresa. Ou seja, mapear as ações realizadas de forma independente pelos colaboradores a fim de entender as suas demandas e necessidades com o objetivo de somar esforços para que o projeto ganhe mais voluntários, estrutura, recursos e longevidade.

2. Ações pontuais

O grupo de ações pontuais baseou-se numa ideia já existente em muitas empresas, de criar um dia diferente para crianças e jovens, disponibilizando a estrutura da empresa para apresentá-la. A ação foi chamada de “Profissional do Amanhã” e a ideia é que crianças (a partir de 12 anos) e jovens (de 16 a 18 anos) possam conhecer a estrutura da empresa, suas áreas e profissões relacionadas.

3. Ações de mobilização

Já no grupo de ações de mobilização à distância, surgiu a ideia de fazer ações voltadas para a conscientização de algum tema. Pegamos como exemplo o Maio Amarelo, campanha nacional para conscientização da segurança no trânsito. Nesse mês, por exemplo, os voluntários seriam convidados a subirem na plataforma fotos e vídeos com o tema da campanha, seja mostrando como se protegem e protegem os outros no trânsito ou fotos com o laço amarelo da campanha.

Confira mais dicas de ações neste post.

Agradecemos muito a presença de todos e até o próximo Encontro!

encontro v2v

Após o encontro, os participantes confraternizaram no restaurante Dedo de La Chica

 

template banner avaliacao gratuita

(Visited 216 times, 1 visits today)

Um comentário sobre “Encontro V2V discute “Tendências do Voluntariado Empresarial em tempos de crise”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *